Igreja Mundial Lacrada
29 de Dezembro/Terça Feira

Depois de muitas vitórias na justiça e nos bastidores, a Igreja Mundial do Poder de Deus pode ter um Natal não muito feliz. Sua principal sede, a do Brás, foi fechada e lacrada pela Prefeitura de São Paulo devido a irregularização dos documentos (a IMPD não tem alvará para funcionar ali), a falta de segurança para os fiéis e excesso de barulho. As aproximadamente 1200 pessoas que congregam ali estão assistindo o culto no estádio da Portuguesa.


Segundo o Valdemiro Santiago, a Igreja Mundial está sendo perseguida e pediu oração dos fiéis.

Essa não foi a primeira vez que uma Igreja Mundial do Poder de Deus foi fechada por falta de alvará, em março de 2009 uma sede em Catanduva estava em local irregular e sem alvará também. Com esse novo caso é possivel que a Prefeitura investigue todas as filiais da Igreja Mundial do Poder de Deus para saber se há mais alguma funcionando sem estar registrado ou de alguma forma irregular.

Em seu programa de TV, Valdemiro Santiago falou sobre o fechamento da sede da Igreja Mundial do Poder de Deus no Brás. No meio do programa é falado, entre várias coisas, que pastores e líderes da Igreja Assembléia de Deus ligaram para líderes da Igreja Mundial para dar apoio. Em certo momento é dito que o Pastor Jarbes de Alencar diz que “A Assembléia de Deus é a casa da Igreja Mundial”. Confira na integra:





É revelado que mais uma Igreja Mundial do Poder de Deus é lacrada por falta de alvará. No final do programa é feito pedidos de ofertas em dinheiro de R$100 a R$30 para que o programa não saia do ar:

A Igreja Mundial do Poder de Deus é uma das denominações pentencostais que mais crescem no Brasil. Comandada por dois ex-membros da Igreja Universal do Reino de Deus, a IMPD vem utilizando de programas de TV para crescer e conseguir mais fiéis. A Igreja Mundial do Poder de Deus é comandada pelo ex-bispo da Universal e intitulado Apóstolo Valdemiro Santiago e a divulgação e plano de crescimento é realizado pelo mesmo bispo que traçou o plano de crescimento da Igreja Universal, o Bispo Ronaldo Didini, que foi expulso da denominação de Edir Macedo, chegou a fundar um outra igreja neo-pentencostal em Portugal, mas voltou ao Brasil para comandar a Igreja Mundial.

Em 2003, Valdemiro foi preso durante uma blitz em Sorocaba. Ele estava levando consigo uma escopeta, duas carabinas e também 400 caixas de munição. Mais armas e munição foram apreendidas em sua casa. Valdemiro alegou que as armas são de caça e estavam sendo levadas para um amigo.

Em 2009, Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus compraram os horários da Igreja Internacional da Graça de Deus, do Missionário R. R. Soares, na grade da CNT tirando o programa do Missionário do ar.

Fonte: Gospel+ Related Posts with Thumbnails
Lembranças de Uma Tarde na Cachoeira
26 de Dezembro/Sabado

Lembranças saudáveis da adolescência e juventude

Lembro-me não da data, mas do acontecimento. Eu era um adolescente e estava aborrecido com tanta briga verbal que havia ao meu redor. Eu também participava delas, justificando-me, defendendo-me e desejando impor minha vontade e meu raciocínio. Cansado disso tudo, resolvi não brigar nem discutir com pessoa alguma nunca mais. A decisão deu certo, funcionou. Creio que foi a única mudança sem retorno na minha vida. Ela mudou o meu temperamento. Detesto brigar e acho que não brigo com ninguém.

A certa altura da minha mocidade, comecei a trabalhar com adolescentes, sem nomeação oficial e sem qualquer preparo prévio. Não me recordo se recebi algum estímulo de alguém. Durou pouco tempo, mas me lembro de duas coisas. Organizei o grupo de adolescente 4 f’s — franco, forte, firme e fiel (roubei a ideia de um tio que morava em Curitiba). Organizei também um “banco” para emprestar dinheiro aos pobres meninos…

A lembrança mais saudável é a da minha experiência com Deus, que aconteceu em 1949, exatamente há 60 anos. Eu fazia o Tiro de Guerra em Bom Jesus do Itabapoana, RJ. Tinha 19 anos, já havia professado a fé em Jesus Cristo e já era candidato oficial ao ministério pelo Presbitério de Campos. Por força da bem-aventurada educação recebida no lar e na Escola Dominical, eu estava suficientemente esclarecido e convicto de que não deveria ter relacionamento sexual com prostituta (não havia amor livre na ocasião), com namorada ou com qualquer outra mulher, a não ser com a futura esposa, sob a proteção do matrimônio. Mas, a vontade contrária era enorme e constante. Morria de medo de não respeitar essa norma por muito tempo.

Então, certo dia, de manhã cedo, coloquei numa sacola minha Bíblia, meu hinário e um livro devocional (acho que era o devocionário "Ouro, Incenso e Mirra", de Rosalee Appleby) e fui para um lugar muito bonito fora da cidade, onde havia uma pequena cachoeira. Ali fiquei sozinho o dia inteiro, lendo passagens da Bíblia e orando. Estava em busca de uma certeza de que eu conseguiria o meu intento. Só me senti aliviado e fortalecido no final daquele dia, quando lia o Salmo 23 e Deus me convenceu de que ele, por ser o meu pastor, me protegeria de qualquer desobediência, a cada dia, e não de uma vez por todas, como que por atacado. Embora não seja dado a emocionalismo, chorei de emoção naquela tarde. Foi uma experiência real e marcante, que me ensinou a depender de Deus, e não dos meus esforços pessoais, para vencer qualquer tentação ou dificuldade. Até hoje aquela experiência à margem do rio Itabapoana é extremamente válida.

Autor: Elben M. Lenz César


Fonte: Revista Ultimato Related Posts with Thumbnails
O Evangelho de Mamon
21 de Dezembro/Segunda Feira



Fonte:Humor cristão Related Posts with Thumbnails
Aprendendo com a Arca de Noé
20 de Dezembro/Domingo


1) Não perca o barco.
2) Lembre-se de que estamos todos no mesmo barco.
3) Planeje para o futuro. Não estava chovendo quando Noé construiu a Arca.
4) Mantenha-se em forma. Quando você tiver 60 anos, alguém pode lhe pedir para fazer algo realmente grande.
5) Não dê ouvido aos críticos; apenas continue a fazer o trabalho que precisa ser feito.
6) Construa seu futuro em terreno alto.
7) Por segurança, viaje em pares.
8) A velocidade nem sempre é uma vantagem. Os caramujos estavam a bordo com os leopardos.
9) Quando estiver estressado, flutue por um tempo.
10) Lembre-se, a Arca foi construída por amadores; o Titanic por profissionais.
11) Não importa a tempestade, pois quando você está com Deus há sempre um arco-íris te esperando. Related Posts with Thumbnails
O poder da mágoa: A vaia que durou a vida toda
16 de Dezembro/Quarta Feira

O jornalista Ruy Castro conta uma história que nos ensina o poder da mágoa.

Na Copa de 50, realizada no Maracanã, o escalado para enfrentar a Suécia, no jogo inaugural foi Julinho e não Garrincha.
"Havia forte suspeita de que o Brasil teria Julinho, do Palmeiras, na ponta-direita, em lugar de Garrincha, que, para desgosto do treinador Feola, passara a semana fugindo da concentração para os lençóis da vedete Angelita Martinez. Quando os times entraram em campo e a suspeita se confirmou, o Maracanã vaiou Julinho. Uma vaia como nunca se vira. Um assustador assobio em uníssono, que abafaria os hinos e se estenderia à primeira bola que ele recebesse.
Mas Julinho, mesmo chorando, reagiu à altura. Mal dada a saída, deixou um inglês no chão. E, com menos de dois minutos, abriu o placar. O Maracanã curvou-se e, pelo resto da partida, passou a gritar seu nome a cada vez que ele tocava na bola. E, como Julinho acabou com o jogo, os aplausos não paravam. Diante da tevê, eu, 11 anos, tinha consciência de estar presenciando um momento histórico.
Trinta e cinco anos depois, em 1994, entrevistei Julinho em São Paulo (...) e percebi como sua mágoa era invencível. Ao recordar aquela tarde no Maracanã, ele só falava da vaia -- que, da entrada em campo até o gol redentor, durara cinco minutos. Depois, tivera 85 minutos de aplausos e gritos de amor. Mas era como se os aplausos e gritos não tivessem existido".


Somente Jesus pode curar o poder da magoa de destruir vidas. Related Posts with Thumbnails
Algumas curiosidades da Bíblia
15 de Dezembro/Terça Feira

No ano de 1250 o cardeal Caro dividiu a Bíblia em capítulos, que foram divididos em versículos no ano de 1550, por Robert Stevens.

A Bíblia inteira foi escrita num período que abrange mais de 1600 anos.

É uma obra de cerca de 40 autores, das mais variadas profissões: de humildes agricultores, pescadores até renomados reis.

O Antigo Testamento foi escrito em hebraico, com exceção de algumas passagens em Esdras, Jeremias e Daniel que foram escritas em aramaico.

O Novo Testamento foi escrito em grego.

O Codex Vaticanus é provavelmente o mais antigo exemplar da Bíblia em forma completa.

A primeira tradução completa da Bíblia para o inglês foi feita por Wycliffe, em 1380.

Martinho Lutero foi o primeiro tradutor da Bíblia para a língua do povo alemão.

Na biblioteca da Universidade de Gottingen, Alemanha, existe uma Bíblia que foi escrita em 470 folhas de palmeira.

O Livro mais antigo da Bíblia não é o Gênesis, mas Jô. Acredita-se que foi escrito por Moisés, quando esteve no deserto.

O primeiro Salmo encontra-se em II Samuel 1:19-27, uma elegia de Davi em memória de Saul e seu filho Jônatas.

A Bíblia contém 1189 capítulos e 31102 versículos.

Ester 8:9 é o maior versículo da Bíblia.

No livro de Ester e no livro de Cantares não se encontra a palavra Deus.

O Antigo Testamento termina com uma maldição, e o Novo Testamento termina com uma benção.

O último livro da Bíblia a ser escrito foi III São João.

Há 3573 promessas na Bíblia.

O livro de Isaías assemelha-se a uma pequena Bíblia: contém 66 capítulos; os primeiros 39 falam da história passada, e os 27 restantes apresentam promessas do futuro.

Dos quatro evangelistas só dois andaram com Jesus; Marcos e Lucas não foram seus discípulos.

Todos os versos do Salmo 136 terminam com o mesmo estribilho: “Porque a Sua misericórdia dura para sempre.”

O profeta que veio depois de Malaquias foi João Batista.

Judas foi o único dos doze apóstolos que não era Galileu.

João era o discípulo mais jovem dos doze.

Os versículos 8, 15, 21 e 31 do Salmo 107 são iguais.

Matusalém, o homem mais velho da Bíblia, morreu antes de seu pai, Enoque, que ascendeu ao Céu.

Ló era o pai de Moabe e Bem-ami, e também o avô dos dois porque “as duas filhas de Ló conceberam do próprio pai”. (Gen. 19:36-38)

42 mil pessoas perderam a sua vida por não saberem pronunciar a palavra Shiboleth. (Juízes 12:5, 6)

Adão não teve sogra.

A única idade de mulher que se menciona na Bíblia é a de Sara (Gên. 23:1)

A primeira cirurgia foi realizada por Deus, quando tirou uma costela de Adão. (Gên. 2:21,22)

Além de Jesus, Elias e Moisés foram os únicos homens que jejuaram 40 dias e 40 noites. (I Reis 19:8 e Deut. 9:9)

A arca de Noé tinha três andares. (Gên. 6:16)

O Salmo 119 é o mais longo da Bíblia, é um acróstico. Os 176 versículos acham-se divididos em 22 seções de oito versos cada uma, correspondendo a cada uma das letras do alfabeto hebraico.

Em Gate houve um homem de grande estatura, que tinha 6 dedos em cada mão e em cada pé. (II Samuel 21:20)

Elias teve o privilégio de comer uma refeição preparada por um anjo.

Existem muitos dados curiosos relativos às estatísticas bíblicas. Um dos números que mais aparece na Bíblia é o 7. Entre os Hebreus este número era considerado sagrado e símbolo da perfeição.

Noé tinha 600 anos quando terminou a arca.

O sábio Salomão deixou mais de três mil provérbios.

A operação matemática mais rendosa foi efetuada por Jesus quando multiplicou 5 pães e 2 peixes para alimentar a mais de cinco mil pessoas e ainda sobraram 12 cestos cheios.

Talento era uma moeda grega que valia o equivalente a uns mil e quinhentos dólares.

Judas vendeu a Jesus por 30 moedas de prata, equivalentes a uns 20 dólares.

Calcula-se que o presente que Naamã ofereceu a Eliseu, do qual Geazi finalmente se apropriou, equivalia a uns 48.000 dólares.

Tiago, filho de Zebedeu, foi o primeiro dos apóstolos a morrer por sua fé. Foi decapitado a espada por ordem do rei Herodes Agripa I, por volta do ano 44 de nossa era.

Paulo, o grande apóstolo dos gentios, foi decapitado em Roma por ordem do tirano Nero.

Em I Samuel 17:18, o queijo é mencionado pela primeira vez na Bíblia.

Em juízes 14:18 encontramos um dos exemplos mais antigos de enigma.

Dois reis dos Amorreus foram postos em fuga por vespões.

A última cidade mencionada na Bíblia é a cidade santa. (Apoc. 22:19)

Salmo 117 é o capítulo mais curto da Bíblia

Salmo 118 é o capítulo que está no centro da Bíblia. Há 594 capítulos antes e depois do Salmo 118

O Versículo que se encontra no centro da Bíblia está em Salmo 118:8

P: Quais os livros da Bíblia que tem apenas 1 capítulo ?
R: Obadias, Filemom, II João, III João e Judas.

P: Quais os livros da Bíblia que terminam com um ponto de interrogação ?
R: Lamentações, Jonas e Naum.

P: Qual o menor livro da Bíblia ?
R: II João (possui somente 13 versículos).

P: Qual o maior livro da Bíblia ?
R: Salmos (possui 150 capítulos).

P: Qual o menor capítulo da Bíblia ?
R: Salmo 117 (possui 2 versículos).

P: Qual o maior capítulo da Bíblia ?
R: Salmo 119 (possui 176 versículos).

P: Qual o menor versículo da Bíblia ?
R: Jó 3:2 (possui 07 letras).

P: Qual o maior versículo da Bíblia ?
R: Ester 8:9 (possui 415 caracteres).

P: Quantas palavras a Bíblia contêm aproximadamente ?
R: 773.693 palavras.

P: Quantas letras a Bíblia contêm aproximadamente ?
R: 3.566.480 letras.

P: Quantos capítulos e quantos versículos a Bíblia possui ?
R: 1.189 capitulos e 31.102 versículos.

P: Em quais os livros da Bíblia não encontramos a palavra Deus ?
R: Ester e Cantares de Salomão.

A Bíblia se divide em duas partes: Antigo Testamento e Novo Testamento. Tem 66 livros, sendo 39 no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento.

O Salmo 119 tem, em hebraico, 22 seções de oito versículos. Cada uma das seções inicia com uma letra do alfabeto hebraico, de 22 letras. Dentro das seções, cada versículo inicia com a letra da seção.

Que “o caminho de um sábado” era o caminho permitido no dia de sábado; a distância que ia da extremidade do arraial das tribos ao tabernáculo, quando no deserto, isto é, cerca de 1.200 metros.

O capítulo 19 de II Reis é igual ao 37 de Isaías.

No livro Lamentação de Jeremias, os capítulos 1, 2 e 4 têm versículos em número de 22 cada, compreendendo as letras do alfabeto hebraico. O capítulo 3 tem 66 versículos, levando cada três deles, em hebraico, a mesma letra do alfabeto.

A menor Bíblia existente foi impressa na Inglaterra e pesa somente 20 gramas. Este fabuloso exemplar da Bíblia mede 4,5 cm de comprimento, 3 cm de largura e 2 cm de espessura. Apesar de ser tão pequenina, contém 878 páginas, possui uma séria de gravuras ilustrativas e pode ser lida com o auxílio de uma lente.

A maior Bíblia que se conhece, contém 8.048 páginas, pesa 547 quilos e tem 2,5 metros de espessura. Foi confeccionada por um marceneiro de Los Angeles, durante dois anos de trabalho ininterrupto. Cada página é uma delgada tábua de 1 metro de altura, em cuja superfície estão gravados os textos.

Vamos Ler a Bíblia ? A Bíblia contém 31.000 versículos e 1.189 capítulos. Para sua leitura completa, são necessárias 49 horas, a saber, 38 horas para a leitura do Velho Testamento e 11 horas para a do Novo Testamento. Para lê-la audivelmente, em velocidade normal de fala, são necessárias cerca de 71 horas. Se você deseja lê-la em 1 ano, deve ler apenas 4 capítulos por dia.

Tradução: Você sabia que das 2.000 líguas e dialetos falados no mundo, cerca de 1.200 já possuem a Bíblia ou textos bíblicos traduzidos?

O nome “Bíblia” vem do grego “Biblos”, nome da casca de um papiro do século XI a.C.. Os primeiros a usar a palavra “Bíblia” para designar as Escrituras Sagradas foram os discípulos do Cristo, no século II d.C.;

Ao comparar as diferentes cópias do texto da Bíblia entre si e com os originais disponíveis, menos de 1% do texto apresentou dúvidas ou variações, portanto, 99% do texto da Bíblia é puro. Vale lembrar que o mesmo método (crítica textual) é usado para avaliar outros documentos históricos, como a Ilíada de Homero, por exemplo;

É o livro mais vendido do mundo. Estima-se que foram vendidos 11 milhões de exemplares na versão integral, 12 milhões de Novos Testamentos e ainda 400 milhões de brochuras com extratos dos textos originais;

Foi a primeira obra impressa por Gutenberg, em seu recém inventado prelo manual, que dispensava as cópias manuscritas;

A divisão em capítulos foi introduzida pelo professor universitário parisiense Stephen Langton, em 1227, que viria a ser eleito bispo de Cantuária pouco tempo depois. A divisão em versículos foi introduzida em 1551, pelo impressor parisiense Robert Stephanus. Ambas as divisões tinham por objetivo facilitar a consulta e as citações bíblicas, e foi aceita por todos, incluindo os judeus;

A Bíblia foi escrita e reproduzida em diversos materiais, de acordo com a época e cultura das regiões, utilizando tábuas de barro, peles, papiro e até mesmo cacos de cerâmica;

Com exceção de alguns textos do livro de Ester e de Daniel, os textos originais do Antigo Testamento foram escritos em hebraico, uma língua da família das línguas semíticas, caracterizada pela predominância de consoantes;

A palavra “Hebraico” vem de “Hebrom”, região de Canaã que foi habitada pelo patriarca Abraão em sua peregrinação, vindo da terra de Ur;

Os 39 livros que compõem o Antigo Testamento (sem a inclusão dos apócrifos) estavam compilados desde cerca de 400 a.C., sendo aceitos pelo cânon Judaico, e também pelos Protestantes, Católicos Ortodoxos, Igreja Católica Russa, e parte da Igreja Católica tradicional;

A primeira Bíblia em português foi impressa em 1748. A tradução foi feita a partir da Vulgata Latina e iniciou-se com D. Diniz (1279-1325).

A primeira citação da redondeza da terra confirmava a idéia de Galileu, de um planeta esférico. Bastava que os descobridores conhecessem a bíblia. (Isaías 40:22)

Davi, além de poeta, músico e cantor foi o inventor de diversos instrumentos musicais. (Amós 6:5)

O tio e a tia de Jesus se tornaram “crentes” na sua pregação antes de sua crucificação. (Lucas 24:13:18, João19:25)

O nome “cristão” só aparece três vezes na Bíblia. (Atos 11:26, Atos 26:28 e I Pedro 4:16)

A “Epístola da Alegria” , a carta de Paulo aos Filipenses, foi escrita na prisão e as expressões de alegria aparecem 21 vezes na epístola.

Quem dá aos pobres, empresta a Deus, e Ele lhe pagará. (Provérbios 19: 17)

O trânsito pesado e veloz, os cruzamentos e os faróis acesos aparecem descritos exatamente como nos dias de hoje. (Naum 2:4)

A mensagem através de “out-doors” é uma citação bíblica detalhada. (Habacuque 2:2)

Quem cortou o cabelo de Sansão não foi Dalila, mas um homem. (Juízes 16: 19)

O nome mais comprido e estranho de toda a bíblia é Maersalalhasbas – filho de Isaias. (Isaías 8:3-4)

Você sabia que a palavra fé é encontrada apenas quatro vezes no Antigo Testamento? (Hc 2:4; Jz 9:16, 9:19; e 1Sm 21:5)

Você sabia que a palavra “DEUS” aparece 2.658 vezes no V.T. e 1.170 vezes no N.T. num total de 3.828 vezes?

Há na Bíblia 177 menções ao diabo em seus vários nomes.

O maior versículo é no livro de Ester capítulo 8 versículo 9.

O menor versículo é no livro de Êxodo capíluto 20 versículo 13.

O versículo central da Bíblia é o Salmo cap: 118 ver:8, o qual divide a mesma ao meio.

Os livros de Ester e Cantares de Salomão não possuem a palavra DEUS.

A expressão “Assim diz o Senhor” e equivalentes encontram-se cerca de 3.800 vezes na Bíblia.

A Vinda do Senhor é referida 1845 vezes na Bíblia, sendo 1.527 no Antigo Testamento e 318 no Novo Testamento.

Sobre os Livros Bíblicos: O Velho Testamento foi escrito em Hebraico, enquanto que o Novo Testamento foi originalmente escrito em Grego. Nenhum dos 66 livros da Bíblia recebeu qualquer título na época em foram escritos. Os títulos vieram muitos anos depois que os mesmos já estavam circulando.

Sobre os Livros Bíblicos – II: Os livros de Filemom, II João, III João, Judas e Obadias possuem apenas 1 capítulo cada um. Já os livros das Lamentações, Jonas e Naum terminam com um ponto de interrogação. Os livros de Cantares, Ester e Salomão inexistem a palavra “Deus”.

Sobre os Livros Bíblicos – III: Algumas passagem bíblicas destacam alguns problemas atuais como a conservação da natureza (Deuteronômio 20-19) e os problemas decorrentes do trânsito pesado e veloz, dos cruzamentos entre ruas e os faróis de carros (Naum 2:4). A Bíblia também relatava a invenção de máquinas muito antes da Revolução Industrial (II Crônicas 26:15).

Vale a pena ler de novo: Os Salmos 14 e 53 são idênticos entre si, sendo a única diferença entre eles é a forma em que as palavras foram distribuídas. No Salmo 14 as palavras foram divididas em 7 versículos, enquanto que no Salmo 53, em 6 versículos.

Ocorrência de algumas palavras na Bíblia: Na Bíblia, a palavra “imortal” é encontrada apenas 1 vez (I Timóteo 1-17), enquanto que “Cristão” está registrada somente em 3 ocasiões (Pedro 4:16 / Atos 11:26 / Atos 26:28). Já a frase “Não temais!” aparece 366 vezes ao longo da Bíblia.

Significado de algumas palavras na Bíblia: A palavra “Bíblia” vem do grego “Biblion”, que significa simplesmente “livros”. Já a palavra “Evangelho” significa “Boa Notícia”. Entretanto, os textos bíblicos esta palavra adquire um outro significado, referindo-se à história de Jesus (suas obras, morte e ressurreição) (Mc. 1.1). Finalmente, a palavra “Apocalipse” vem do grego “apocalipto”, que significa “tirar o véu” ou “revelação”.

Relações Bíblicas Condenáveis: Na Bíblia existem citações curiosas de relacionamentos humanos. Podemos citar que Anrão, pai de Moisés casou-se com sua própria tia (Êxodo 6-20). Já Lameque foi o primeiro bígamo a ser citado na Bíblia, sendo Ada e Zilá o nome de suas esposas (Gênesis 4-19). Já Joquebede, mãe de Moisés, recebeu um salário para criar o próprio filho. (Êxodo 2-8,9,10).

Mulherengo a toda prova: Baraque, um dos comandantes do exército de Israel só iria à batalha se uma mulher fosse com ele (Juízes 4-4, 6, 8, 9).

O mais velho e o mais belo homem bíblicos: O homem que viveu por mais tempo na face da Terra foi, Matusalém, que morreu com 969 anos de idade! (Gênesis 5: 25-27). Já Absalão era o nome de um homem israelita celebrado por sua beleza (II Samuel 14-25). Dono de uma vasta cabeleira, ele cortava seus cabelos no fim de cada ano, pois os mesmos muito lhe pesavam (II Samuel 14-25,26).

Estatura de Golias: A estatura do gigante Golias, vencido por Davi, era de seis côvados e um palmo, o que equivale a quase três metros de altura! (I Samuel 17:4).

Sobre o Rei Salomão: Deus apareceu duas vezes ao rei Salomão (I Reis 11-9). Isto fez com que ele compusesse ao todo 1005 cânticos de louvor a Deus e escrevesse 3000 provérbios! (I Reis 4:32).

Sobre o Dilúvio: Segundo a Bíblia, o dilúvio não foi apenas uma grande chuva, mas foi a primeira chuva que veio sobre a terra. (Gn 2:6 ; 7:4). Por causa da imensa quantidade de água despejada sobre a Terra, Noé passou 382 dias na arca com a sua família e os animais durante o dilúvio.(Gênesis 7:9-11 / 8:13-19).

O poder da oração versus medicina tradicional: O Rei Ezequias teve sua vida aumentada por 15 anos pelo poder da oração (II Reis 20-1, 2, 3, 4, 5, 6). Em contrapartida, dizem que o Rei Asa morreu porque buscou mais aos médicos do que a Deus.(II Crônicas 16:12).

O primeiro aposentado: O primeiro aposentado que relata a Bíblia foi o Rei Joaquim. (Jeremias 52: 33 e 34).

Nome dos Discípulos de Jesus: Os nome dos 12 discípulos de Jesus são (em ordem alfabética): André, Bartolomeu, Filipe, João, Judas Iscariotes, Judas Tadeu, Mateus, Simão (o Zelote), Simão Pedro, Tiago (filho de Alfeu), Tiago (filho de Zebedeu) e Tomé, (Mateus 10-2, 3, 4). Pedro e João, os apóstolos que mais faziam milagres, eram incultos e totalmente analfabetos (Atos 4:13). Mesmo assim, conquistaram a admiração de muitos pela intrepidez e autoridade que exerciam, mesmo sendo iletrados.

Para todo mundo ler: Na cruz em que Jesus foi crucificado, escreveu-se “Jesus Nazareno, o Rei dos Judeus”, em três idiomas diferentes: Hebraico, Latim e Grego. (João 19-19, 20).

Sobre Maria Madalena: Maria Madalena foi a 1ª pessoa para a qual Jesus apareceu após a sua ressurreição. (Marcos 16-9).

Fonte: Curiosidades Bíblicas, Comunicando Jesus e Gospel+ Related Posts with Thumbnails
O Velho Homem Que Tenta Nos Assustar
14 de Dezembro/Segunda Feira

Coisas Estranhas

Tenho feito coisas que me são estranhas. Ultimamente tenho agido como se fosse velha-Tábata. Tenho me sentido bem assim e isso me assusta. Pedi socorro várias vezes… parece que as pessoas não entendem… parece que as pessoas querem ignorar porque também pedem socorro! Eu não ouço ninguém… não ouço pedidos nem exortações. Cansei de ouvir. Não me basta… nem me basto. Me sinto só. Ultimamente tenho agido como se fosse velha.

As coisas todas não são comuns. Não para todo mundo pois cada um faz um tanto de coisas… outros fazem outro tanto. Eu… tem coisas que eu não faço, coisa que sou livre para fazer mas que não me convêm. Tenho agido como se fosse Tábata, ultimamente.

Talvez eu não seja velha… talvez nem seja a velha-Tábata. Talvez a nova esteja confusa perdida e desejosa… desejosa de muitas coisas me eram comuns antigamente. Coisas boas mas que não convêm. Consegue me entender?

Não. Eu sei que não.

Às vezes eu também não consigo me entender. Às vezes sou como que antigamente… certas vezes sou como ultimamente… última… mente. Mente… minha mente. Às vezes nem última, nem antiga, apenas “minha mente”!

Por que certas coisas me são estranhas? Ah! Por que não as faço ultimamente, mas já as fiz! Agora? Nem sei!

Acho que minha mente está confusa perdida e desejosa.

E agora? Sou velha ou sou nova? Ou sou apenas a “minha mente”?

Tábata Mori, 05/11/2007, 09:44h

Fonte:Ex-Pressão Related Posts with Thumbnails
Uma nota de velório
09 de Novembro/Quarta Feira

Um dia, quando os funcionários chegaram para trabalhar, constava na portaria um enorme cartaz, no qual estava escrito: “Faleceu ontem a pessoa que atrapalhava sua vida na Empresa. Você está convidado para o velório na quadra de esportes”.

No início, todos se entristeceram com a morte de alguém, mas depois de algum tempo, ficaram curiosos para saber quem estava atrapalhando sua vida e bloqueando seu crescimento na empresa.

A agitação na quadra de esportes era tão grande, que foi preciso chamar os seguranças para organizar a fila do velório.

Conforme as pessoas iam se aproximando do caixão, a excitação aumentava: – Quem será que estava atrapalhando o meu progresso? Ainda bem que esse infeliz morreu!

Um a um, os funcionários, agitados, se aproximavam do caixão, olhavam pelo visor do caixão a fim de reconhecer o defunto, engoliam em seco e saiam de cabeça baixa, sem nada falar uns com os outros. Ficavam no mais absoluto silêncio, como se tivessem sido atingidos no fundo da alma e dirigiam-se para suas salas. Todos, muito curiosos mantinham-se na fila até chegar a sua vez de verificar quem estava no caixão e que tinha atrapalhado tanto a cada um deles.

A pergunta ecoava na mente de todos: “Quem está nesse caixão”?

No visor do caixão havia um espelho e cada um via a si mesmo… Só existe uma pessoa capaz de limitar a vontade de Deus sobre sua vida: VOCÊ MESMO! Related Posts with Thumbnails
A Casa do Praser e a Igreja Mundial
08 de Dezembro/Terça Feira

Marilyn Monroe ganhou o publico e levou milhares ao cinema com o filme "O pecado mora ao lado". um filme de Billy Wilder com roteiro do proprio Billy Wilder junto com George Axelrod, baseado em peça teatral de George Axelrod no ano de 1955.

O filme conta a historia de Richard Sherman (Tom Ewell) que é um editor de livros que sente-se "solteiro" quando a mulher e o filho viajam em férias. Ele começa então a ficar cheio de idéias quando uma bela e sensual jovem (Marilyn Monroe), que é modelo e sonha ser atriz, torna-se a sua vizinha.

Bom a realidade do video postado é outra pos o pecado não esta ao lado mas diferente o pecado ai mora em cima da igreja confira a materia no jornal da globo.

Related Posts with Thumbnails
Monólogo da Mulher Adúltera
07 de Dezembro/Segunda Feira

(Quero deixar bem claro que este é um exercício de FICÇÃO. É uma suposição de como o fato pode ter acontecido. Não é nenhuma "revelação" extrabíblica, mas apenas as suposições e a fantasia de um simples escritor)



Desde pequena eu sabia o que era certo.

Meu pai, um dos principais da sinagoga, fazia questão de nos ensinar toda a Torá desde pequeninos. Na verdade, ele ensinava somente aos meus irmãos, mas eu me aventurava em ouvir os ensinos, escondida atrás da porta. Achava fascinante, e ao mesmo tempo pesado... eram tantas leis, tantos mandamentos...

Será que algum homem seria capaz de cumpri-los todos? Sinceramente, achava impossível... e me calava.

A esperança brilhava nos meus olhos quando o ouvia falando do tal messias, o que viria para salvar o seu povo. Como deveria ser? Será que o tal messias me olharia um dia nos olhos? Ou será que estava condenada a viver minha vida toda atrás das portas... escondida dos homens?

O tempo passou. Cresci, e ainda em minha adolescência fui obrigada a casar com um homem a quem não amava. Era o costume, e assim foi... Eu era cuidada por ele como um objeto precioso, havia respeito, mas não amor, amor que eu tanto procurava. Os amigos de meu pai me consideravam uma jovem muito bonita e faziam questão de externarem suas opiniões. Eu gostava. Não ouvia tais elogios de meu marido.

Fui me acostumando àqueles elogios. Na verdade alguns eram até ousados demais, e me deixavam sem graça, pois percebia suas intenções, podres intenções. Eram homens casados também, oficiais na sinagoga, alguns anciãos, outros mais jovens, mas queriam que eu os servisse, nem que fosse por uma noite apenas.

Aquela situação me causava muito desconforto. Sentia raiva,e até mesmo nojo daqueles homens... exceto um, que me chamava a atenção. Era casado também, mas parecia me querer bem... fui seduzida!

Nunca imaginara trair meu marido, mas naquela madrugada, antes do nascer do sol me entreguei àquele homem. Nem de longe imaginava o que ainda estava por acontecer.

Os outros homens, amigos do meu pai, haviam percebido o meu envolvimento, e seguiram-nos até nos pegarem em pleno ato de adultério. Meu dia estava apenas começando. Quanta vergonha!!!

Pegaram-me, nua, e carregaram-me para o Templo, onde um homem de Nazaré ensinava naquela manhã que nascia. Havia uma multidão para ouvi-lo. A vergonha era maior ainda. Muitos me conheciam... muitos conheciam meu pai... muitos conheciam meu marido.

Tive medo!

Fui jogada no meio da multidão, que se acotovelava para ouvir o tal profeta Galileu. Achei estranho perceber que estava só. Apesar de eu e meu então amante sermos pegos juntos no ato de adultério, apenas eu fui levada como adúltera... ele não!

Olhei então e vi aqueles homens que antes me assediavam, perguntando àquele Rabi: “mestre, esta mulher foi surpreendida em adultério. Na lei, Moisés nos ordena apedrejar tais mulheres. Tu, porém, o que dizes?”

Eu olhava aquela cena e meu nojo aumentava. Os homens que queriam apedrejar-me eram os mesmos que viviam se insinuando para mim. Quanta hipocrisia. Quanto ódio tive da religião!

O tal Rabi galileu permanecia calado.

De repente, inclinou-se e começou a escrever na terra com seu próprio dedo. Eu não acreditava no que meus olhos começavam a ler.

Aquele homem começou escrevendo o meu nome, e abaixo do meu nome começou a enumerar os meus pecados. TODOS os meus pecados!

Eu queria a morte naquele momento. Que as pedras viessem logo. Não suportaria tanta vergonha.

Num ímpeto, o Rabi levantou-se e disse àqueles homens, meus censores, prontos a colocar sob um monturo de pedras mais uma adúltera: “quem dentre vós que não tem pecado, seja o primeiro a lhe atirar uma pedra!” ... E voltou a escrever meus erros na terra.

Algo muito estranho começou a acontecer: a começar dos mais velhos, um por um, forma largando as pedras em seus pés, virando as costas, e indo embora.

Ficamos só eu e o tal profeta.

Eu tremia!

Ele calmamente levantou-se e veio em minhas direção. Percebi algo no seu olhar. Era diferente. Ele não me desejava. Vi amor no seu olhar. Nunca antes alguém havia me olhado assim. Enquanto caminhava em minhas direção, não tive como não perceber que suas pegadas firmes e constantes, pisavam e apagavam a minha enorme lista de pecados. Lembrei-me de um texto que sempre ouvia meu pai ensinar aos meus irmãos: “pelas suas pisaduras fomos sarados”.

Seria esse Rabi, diante de mim, o messias esperado? Bem que eu já havia ouvido rumores a respeito disso.

Ele aproximou-se de mim, e tirando a sua capa, cobriu a minha nudez. Perguntou-me com uma voz inconfundivelmente firme e amorosa: “Mulher, onde estão eles? Ninguém te condenou?”

Minha voz trêmula conseguiu balbuciar: “Ninguém, Senhor!”

Ele então, segurando em minhas mãos e erguendo-me do chão, olhou nos meus olhos e disse: “Nem eu te condeno. Vai, e de agora em diante não peques mais.”

Meus olhos marejados ainda puderam ver aquele homem se afastando e voltando a ensinar o povo. Eu estava verdadeiramente diante do messias!

Olhei para o chão e lá estavam todos os meus pecados apagados pela sola dos pés daquele rabi. Só uma coisa não havia sido pisado: o meu nome! Ele estava intacto, escrito pelas mãos do próprio salvador. Lembrei-me então de um outro texto sempre recitado pelo meu pai, acerca do messias: “Ele não esmagará a cana quebrada, nem apagará o pavio que ainda fumega...”

Fui para casa... mas sabia que daquele dia em diante nunca mais seria a mesma. Nunca esquecerei de seu olhar, sua voz, e seu amor: “Nem eu te condeno!”

Prossigo em meu caminho, às vezes tropeçando, mas sempre com sua fala graciosa ecoando em mim: “Vai, e de agora em diante... não peques mais!”


Autor: José Barbosa Junior – editor do site crer e pensar (20/11/2009)

Fonte:Crer e Pensar Related Posts with Thumbnails
Claudia Leite é Evangélica? Ela aceituou a Jesus?
Por Favor Post Sua Opinião
04 de Dezembro/Sexta Feira

A cantora Claudia Leitte sempre fala em Jesus Cristo, mas não se considera uma pessoa religiosa.

- Sou espiritualista. Eu estudo a Bíblia todos os dias quando estou sozinha e com minha família. Pode ser em casa ou no escritório. Tenho a Bíblia no meu Iphone. Sou cristã fervorosa, Deus é a maior força do universo. Considero que Jesus é meu senhor e salvador. Mas não tenho religião.

A loira revela que, em momentos de dúvida, não titubeia em entrar em contato com a família e amigos distantes e fazer um culto por telefone com eles.

- Ligo para minha mãe digo que preciso de oração. Também tenho amigos intercessores em Goiânia. Fazemos um culto por telefone, uma conferência espiritual pelo aparelho.

Quando questionada se já presenciou algum milagre em sua vida, ela é rápida na resposta.

- Muitos. Meu filho ter se curado da meningite foi um milagre. Mas acordar todos os dias de manhã para mim também é um grande milagre.

Ela tambem regravou uma musica cristã-romantica de um grupo evangélico chamado pimentas do reino,confira o video.



Fonte: Gospel + Related Posts with Thumbnails
MEU MELHOR AMIGO DEU-ME UM SOCO
02 de Dezembro/Quarta Feira

Conta uma lenda árabe que dois amigos viajavam pelo deserto e, em um determinado ponto da viagem, começaram a discutir tanto que um acabou dando um soco no rosto do outro.

O que foi agredido, sem nada dizer, escreveu na areia: HOJE, MEU MELHOR AMIGO DEU-ME UM SOCO NO ROSTO.

Mesmo ressentidos, seguiram viagem juntos e chegaram a um oásis. Enquanto se banhava num dos poços, o que havia levado o soco começou a se afogar, mas, foi salvo pelo amigo.

Ao se recuperar pegou um estilete e escreveu numa pedra: HOJE, MEU MELHOR AMIGO SALVOU-ME A VIDA!


Quando um amigo nos ofende, devemos escrever na areia, onde o vento do esquecimento e do perdão se encarregam de apagar; porém quando nos faz algo grandioso, deveremos gravar na pedra da memória do coração, onde vento nenhum do mundo poderá apagar. Related Posts with Thumbnails
Raposas da Fé
01 de Dezembro/Terça Feira




Fonte:Humor Cristão Related Posts with Thumbnails
Madonna está com Jesus, o outro!
30 de Novembro/Segunda Feira

"Madonna, a rainha do pop, conheceu Jesus enquanto realizava sua turnê aqui no Brasil. Madonna está apaixonada por Jesus." Frases como essa têm chamado minha atenção. A pop star Madonna (50 anos) está tendo um caso (o que os famosos chamam de "affair") com o modelo Jesus (22 anos). E a imprensa - que não perde tempo pra nada, não é verdade? - descobriu que o rapaz tem origem evangélica! A origem cristã do rapaz, seu nome e caso com a estrela do pop dão pra blogar alguma coisa interessante.

Religiosa (mas quem não é?), simpatizante da Cabala, polêmica, ativista, sensual, cinqüentona (a nova ortografia retirou o trema, mas eu não!)... Surpreendente! Há quem diga que estar perto de gente assim é o segredo do sucesso! O rapaz segurou essa grande oportunidade: muito mais que amigo, tornou-se (o mais novo) namorado da musa. "Rapaz de sorte!" - diriam aqueles que querem porque querem virar uma celebridade.

E que "sorte"! O modelo Jesus está "abusando" da teoria dos 15 minutos, de que cada um de nós terá a oportunidade de ter seus 15 minutos de fama/reconhecimento. Sua mãe é evangélica... Ah! Você sabe, né? Filho de peixe, peixinho é. Mas, filho de crente... Nem sempre crentinho é! Não torço pelo fim do namoro pop. Mas, fico a pensar no coração humano (mesmo sem ser cardiologista). Coração que bate por afeto, atenção, carinho... Para contrariar os "românticos", discordo que o verbo amar se refere a um sentimento. Não! Pra mim, amar é mais que isso: é um comportamento.

Fico a pensar nesses relacionamentos (se é que os posso chamá-los de re-la-ci-o-na-men-tos) que são frutos de um sentimento e nada mais. Creio que há uma compreensão errada do que é amar. Quando a bíblia diz que devo amar o meu próximo como a mim mesmo, não está simplesmente constatando que me amo e devo amar o meu próximo. Não, isso seria algo muito superficial pra um livro que trata de questões tão profundas como a bíblia! Da mesma forma, quando as Escrituras dizem que devo amar meu inimigo, ela não está querendo acabar com meu senso crítico e tornar-me um masoquista. Pelo contrário, ela me ensina que amar é usar a razão e não depender de um sentimento. Porque o sentimento pode variar "na véspera", de acordo com as "condições naturais de temperatura e pressão" (CNTP). Comportamento, no entanto, é uma decisão, escolha racional: amo e pronto.

Temos mais facilidade em perdoar a nós mesmos do que a quem nos feriu, não é verdade? Isso porque insistimos que amar é um sentimento e não uma decisão. Pensando assim, não compreendemos que amar é "ágape" (o mesmo verbo utilizado por Paulo, o apóstolo dos gentios, em I Coríntios 13). Vale lembrar que, quando o "perito da lei" pergunta a Jesus (o Cristo) quem é o seu próximo, Cristo não responde prontamente cheio de detalhes as características do "próximo". Antes, apresenta a parábola do bom samaritano - para o desgosto dos religiosos que sentiam nojo do povo de Samaria, Jesus (o Cristo) demonstra que o samaritano amou o próximo.

Certamente, quando o sentimento ("fogo") do "casal pop" diminuir, a escolha de continuar junto ou não se apresentará. Nesse balaio todo, lembro de como iniciei meu relacionamento com Deus. Outra vez, para contrariar os "românticos", não tive nenhuma sensação diferente; nem por isso, duvido de minha conversão. Tive um encontro com Jesus (o Cristo) pela fé, fruto de Sua graça! Preciso admitir que durante minha caminhada com Jesus (o Cristo) sou tentado a trocar a fé por uns arrepios... Às vezes, até sinto uma atmosfera diferente, mas não posso - nem quero - ser refém de um sentimento.

Pois então... Madonna está com Jesus, o outro. Seu encontro se deu no Brasil, durante a "STICKY & SWEET TOUR" (nome de sua turnê). Oro pra que ela se econtre com Jesus, o Cristo. Esse, sim, é o modelo a ser seguido. Não o de braços fortes, peitoral definido, barriga enxuta e sensações (temporárias) de prazer... Mas, o de caráter transformado e que proporciona prazer em todas as circunstâncias. Isso se chama graça! Jesus, o modelo de vida! Porque amor é decisão, renúncia, cuidado, serviço, doação. Amor é um princípio! Amor é uma pessoa: Deus é amor. Amar é um verbo de ação e não de estado, ou melhor, é o Verbo que se fez pessoa: Jesus Cristo. E nossos relacionamentos? São baseados em qual modelo? O Jesus "ágape" (o Cristo) ou o Jesus "sentimental" (o outro)?

"Quando ele me chamou/ Não fez promessas/ Humanamente convincentes/ Nada que me enchesse os olhos/ Apenas disse que me faria um pescador/ Mas pescador de peixes eu sou/ E na verdade há muitos outros como eu/ Nós pescamos coisas distintas/ E mesmo que você não sinta /Tua vida algo vai buscar." (Pescador - Grupo Logos)

Por:Alexandre Nunes De Sá São Gonçalo - RJ

Fonte:Ultimato Related Posts with Thumbnails
Os Anjos de Deus
Anjo visita Cristãs na prisão
27 de Novembro/Sexta Feira

As duas moças iranianas Maryam e Marzieh, presas por conta de sua fé em Jesus Cristo, foram encorajadas de maneira magnífica durante o tempo que estiveram na prisão.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

“Estávamos em uma ala com muitas mulheres. Um dia, entretanto, notamos uma pessoa especial na ala. Nunca a vimos antes, e tivemos um encontro curto. Essa moça veio e foi embora do nada. Ela parecia ser um anjo do Senhor, e nos animou de maneira maravilhosa.”

A moça disse a Maryam e Marzieh que “o mundo todo está orando por vocês”. Elas, no entanto, se perguntaram: “Você tem certeza? O governo nos apresentou provas de que ninguém se interessava por nós”. Ela lhes disse: “É mentira. Essas provas são falsas. Muitos cristãos no mundo têm pensado, falado e orado por vocês”.

Maryam e Marzieh começaram a chorar e falaram: “Sabíamos que Deus não se esqueceria de nós. Ele até mandou um anjo seu para cá”.

As duas foram sobremaneira encorajadas com essa visita inesperada, e também por saber que tantas pessoas no mundo oravam por elas.

“Continuem orando por nós. Já saímos da prisão, mas ainda precisamos de proteção e das bênçãos do Senhor. Obrigada, Senhor, por nos enviar seu anjo.”

Fonte: Gospel + Related Posts with Thumbnails
Barba de Molho
26 de Novembro/Quinta Feira

Cansado de ver seus sermões caírem no vazio, um pastor resolveu dar uma lição inesquecível aos seus ouvintes.

Num dos cultos semanais mais concorridos, ele subiu ao púlpito com seu aparelho de barbear, bacia, água, espuma, caneca, espelho e toalha. Nem sequer cumprimentou a igreja e, tranqüilamente, colocou água na bacia, testou a temperatura, ajeitou o espelho, pegou uma caneca, fez espuma, passou na cara, e começou a se barbear.

Gastou vários minutos nisso, que pareceram uma eternidade para os presentes.

Ao final, quando todos esperavam que o pastor fosse fazer um desfecho maravilhoso, fosse lhes apontar o "moral da história", ele simplesmente enxugou o rosto com a toalha, encerrou o culto e despediu o povo de volta para as suas casas.

Aquela semana foi atípica. O povo comentou o fato todos os dias, tentado advinhar o significado de tudo aquilo: “-Que mensagem ele quer nos passar?”, “-Qual é o simbolismo espiritual da água, do sabão, do barbear-se?”

Dias depois, quando ele subiu novamente àquele púlpito, a igreja estava cheia. O pastor olhou para a congregação e disse-lhes:
- Sei que vocês querem saber o significado do que fiz aqui neste púlpito na semana passada. Bem, eu vou lhes dizer: não há significado algum! Nenhum simbolismo. Nenhum desfecho maravilhoso. Nenhuma mensagem. Nenhum "moral da história".

- No entanto, se podemos tirar alguma lição disto tudo, é a seguinte: Há anos eu venho apresentando para vocês a mensagem bíblica, mas não tenho visto nenhuma mudança em suas vidas. Minhas mensagens têm caído no esquecimento, tão logo vocês saem do templo. Eu gostaria que vocês comentassem meus sermões durante a semana, do mesmo modo que se dispuseram a comentar o meu barbear nestes últimos dias, ou será que a minha barba é mais importante para vocês que a Palavra de Deus? Related Posts with Thumbnails
Pastor ou Politico ?
Pr Marco Feliciano entra para a política e quer ser Senador
25 de Novembro/Quarta Feira

Eu tenho um sonho, quero ser Senador e como Senador eu teria uma posição muito estabelecida dentro do país, inclusive eu tive uma chance de sair ao senado agora pelo norte do país, dois estados do norte do país vieram me procurar, bastaria com 3 meses eu me filiar lá, arrumar uma casa, ter um endereço poderia ter saído por lá. Estou saindo pelo Estado de São Paulo e acredito que possamos chegar lá.

Queria somente pegar um gancho aqui e falar que eu conto não só com a ajuda de Orlândia, mas com a ajuda da região. Todas as cidades circunvizinhas São Joaquim da Barra, Morro Agudo, Sales Oliveira, Nuporanga, conto com a ajuda de todo mundo. É uma luta mais do que política, é uma luta pela nossa cidade.

Quem sabe, depois dessa entrevista eu consiga marcar alguma reunião com alguns prefeitos, vereadores da região. E eles possam me dar uma mão nesse sonho. Ouvi falar que cavalo que já está marcado para ganhar, todo mundo quer apostar nele. Então quem sabe alguém resolve apostar no Pastor Marco, porque como eu disse são 11 milhões de evangélicos no Estado de São Paulo eu preciso que somente 90 mil deles me ajudem, mas se a minha cidade me ajudar e todo mundo me ajudar a gente pode chegar lá e fazer um bom trabalho.

Em contra partida depois que as urnas forem apuradas e eu ver que na região as pessoas que puderam me ajudar e não me ajudaram o tratamento tem que ser dado da mesma forma. Sinto que temos que ser querido com quem é querido conosco e não ser ruim com quem é ruim. John Kennedy disse uma frase certa: “eu perdôo meus inimigos mas nunca esqueço o nome deles!”.

Então fica um recado dado a toda a população, a toda a região que se puderem ajudar um filho da Terra, um menino criado na Vila Tatu, que saiu da Creche Getúlio Lima, que trabalhou na Rua 1 como Guarda Mirim, trabalhou na Casa São João, trabalhou na Intelli, que engraxou sapato nas ruas da cidade, que tem uma história em Orlândia. Acredito que é um sonho e podemos chegar lá. Só que não posso sonhar sozinho, uma andorinha sozinha não faz verão. Bem, nessa hora vemos de fato os amigos.

Tenho vários deputados amigos, são mais de 17 deputados amigos. Gente até de expressão no país, tem o Magno Malta que é senador, tem o governadores que são amigos particulares Sérgio Cabral, Eduardo Paes – que inclusive me mandou um e-mail hoje que ele está na França degustando aquela vitória bonita do Brasil, ele mandou um e-mail dizendo que a “honra e a glória tem que ser dada a Deus e a alegria fica pra gente”. Então são pessoas que se eu der um grito, é claro que vão vir, mas acredito que seja desnecessário tudo isso.

Então tem que ter pessoas coerentes. Queria que as pessoas que estão lendo essa matéria soubessem que foi isso que queimou no meu coração, de repente eu sou uma voz profética nesse país. Orlândia ainda não sabe quem é o Pastor Marco Feliciano, quem sabe agora começam a descobrir um pouco. Inclusive o Estevão quando esteve na minha casa, a Bernadete está aqui do meu lado, ela é vereadora, ela viu quando eu abri a Internet que mostra o mundo como é, ele ficou apaixonado.

Ele falou, mais você é tudo isso aqui? Pois é, eu sou um cara que nesses orkuts da vida tem 200 comunidades feitas para mim. Uma tem 90 mil pessoas, então, só em orkut deve ter umas 400 mil pessoas que passam falando de mim. Orlândia não tem noção do que é isso, porque só em orkut é 10 vezes a população da nossa cidade. Os meus dvd’s esparramados pelo país inteiro, um dos meus dvd’s agora chegou a 1 milhão de cópias, que é o Sonho de José, então esse poder de persuasão, sendo um homem de família, sendo uma pessoa que veio do nada e chegar onde cheguei, acredito que possa fazer muito mais pela cidade, que a cidade jamais sonhou em fazer por mim.

É um prazer estar recebendo vocês todos aqui no meu escritório, o pessoal da Gazeta, da Lidersom, da ORC. Agora de fato é verdade. Resolvi assumir minha postura, já é a terceira campanha onde fui procurado, onde nas duas outras passadas achei que não estava preparado para isso e também não queimava no meu coração essa vontade de estar na política.

De repente queimou o coração, a oportunidade veio e agora é definitivo, estou filiado ao PSC – Partido Social Cristão e fui procurado por todos os partidos inclusive, semana passada fiquei com o Orestes Quércia até as 22h30 no telefone eles queriam minha filiação no PMDB, mas pensei e achei por bem, um partido que tem tudo haver comigo, inclusive na nomenclatura Cristão, e agora o Pastor Marco Feliciano é candidato a candidato.

Fonte: Gazeta Popular / Gospel+ Related Posts with Thumbnails
Mark Driscoll fala sobre masturbação
24 de Novembro/Terça Feira

Related Posts with Thumbnails
Um Sorvete para Matar a Fome
23 de Novembro/Segunda Feira

Era uma tarde quente de domingo. Eu caminhava sozinho pela Avenida Rio Branco, naquele momento, deserta. Gosto de caminhar por ali e contemplar a bela arquitetura do centro do Rio de Janeiro. Aprecio as construções antigas, magníficas, sobranceiras. Muito da História do Rio de Janeiro e do Brasil passa por aquela e outras avenidas centrais da Cidade Maravilhosa. Como sou um apreciador das coisas da história, quando posso, dou-me o prazer de passar um bom tempo caminhando por ali.

Como estava muito quente resolvi tomar um sorvete (uma das minhas paixões proibidas por causa de minhas constantes faringites) num quiosque de uma famosa rede de Fast-food. De repente vi que não estava só. Aproximou-se um rapaz e foi logo me pedindo: “moço, me dá um sorvete... é que eu tô com fome”. Como eu estava com o dinheiro “contado” para voltar a Teresópolis, não pude atender o pedido daquele jovem, quase adulto.

Instantaneamente me pus a pensar: “peraí... a lanchonete está aberta...se ele realmente estivesse com fome teria me pedido algo para comer,e não uma “sobremesa”... sorvete não mata a fome...” e meu pensamento foi parar onde sempre pára nessas horas em que as coisas inusitadas me acontecem: na realidade da igreja. Na mesma hora senti que aquele era o quadro fiel de algumas igrejas que tenho conhecido. Estão querendo matar a “fome” com “sorvetes”.

Pensei em como a Palavra, verdadeiro alimento que realmente sacia a fome (nem só de pão viverá o homem, mas de toda Palavra...), tem sido trocada por meros “sorvetes” espirituais. Engraçado é que sorvetes geralmente são a sobremesa preferida das crianças. É difícil conhecer uma criança que não goste de se lambuzar de sorvete, e mais, elas são capazes de trocar pratos saborosos e nutritivos por uma pequena taça dessa guloseima doce e gelada.

Lembrei-me de Paulo dizendo aos Coríntios que gostaria de lhes dar alimento sólido, mas não podia e tinha que lhes dar leite, ainda eram meninos na fé, crianças espirituais. Lembrei-me do mesmo Paulo dizendo que o amor (que é superior a todos os dons) era coisa pra gente grande, pois quando era menino fazia as coisas de menino, corria atrás dos dons como se fossem fins em si mesmos, mas quando descobre que tudo aquilo não era nada sem amor, ele abandona as coisas de menino.

Alimentos sólidos... a Palavra... o Amor... coisas tão distantes da maioria de nossas igrejas e “bimbocas eclesiásticas”. O interesse pelas coisas que realmente dão “sustância” à nossa vida parece desaparecer à medida em que as novidades aparecem e chamam nossa atenção, e desviam nosso olhar daquilo que realmente é essencial.

“A coisa principal é fazer da coisa principal a coisa principal.” Ouvi essa frase em um dos sermões do Russell Shedd em que ele citava um escritor inglês que agora não lembro o nome. Como isso é verdadeiro!! A igreja tem dado lugar às coisas de menor importância em detrimento daquelas que são essenciais. A “coisa principal” há tempos deixou de ser a coisa principal.

Veja nossos congressos, nossos seminários, nossas cruzadas (detesto essa palavra pois me remete à Idade Média e as atrocidades feitas em nome de Deus). As “estrelas” não são os pregadores da Palavra, na verdade em muitos desses eventos as pessoas nem perceberiam se não houvesse pregação da Palavra, desde que saíssem de lá sentindo o “mover”, o “fluir” e a “unção”. e tome sorvete pra criançada...

As palavras de Paulo são mais que atuais nesses nossos dias, são imprescindíveis. “Leite (sorvetes são feitos com leite) vos dei a beber, não vos dei alimento sólido; porque ainda não podíeis suportá-lo. Nem ainda agora podeis, porque ainda sois carnais.” Infelizmente essa ainda é a nossa realidade.

Que Deus nos ajude a amadurecermos, a prosseguirmos para o alvo, crescendo, até chegarmos à estatura de homem perfeito, deixando as coisas de criança e nos apegando àquelas que realmente nos edificam e nos alimentam, e que nunca mais sejamos crianças pedindo um sorvete pra matar a fome.

Que Deus mesmo nos faça crescer Nele.

Autor: José Barbosa Junior

Fonte: Crer e Pensar Related Posts with Thumbnails
O menino que domou o vento
19 de Novembro/Quinta Feira

Uma seca terrível no ano 2000 deixou grande parte da população do Malauí em situação desesperadora. Com as colheitas reduzidas drasticamente, as pessoas começaram a passar fome. "Meus familiares e vizinhos foram forçados a cavar o chão pra achar raízes, cascas de banana ou qualquer outra coisa pra forrar o estômago", diz Kamkwamba. A miséria o impediu de continuar na escola, que exigia a taxa anual de US$ 80. Se seguisse a lógica que vitima muitos rapazes na mesma situação, o destino dele estava definido: "Se você não está na escola, vai virar um fazendeiro. E um fazendeiro não controla a própria vida; ele depende do sol e da chuva, do preço da semente e do fertilizante", diz Kamkwamba.

Para escapar dessa sentença, começou a frequentar uma biblioteca comunitária a 2 km de sua casa. No meio de três estantes com livros doados pelo Reino Unido, EUA, Zâmbia e Zimbábue, Kamkwamba encontrou obras de ciências. Em particular, duas de física. A primeira explicava como funcionam motores e geradores. "Eu não entendia inglês muito bem, então associava palavras e imagens e aprendi física básica." O outro livro se chamava Usando Energia, tinha moinhos na capa e afirmava que eles podiam bombear água e gerar eletricidade. "Bombear um poço significava irrigar, e meu pai podia ter duas colheitas por ano. Nunca mais passaríamos fome! Então decidi construir um daqueles moinhos."

Você está fumando muita maconha. Tá ficando maluco." Era isso que Kamkwamba ouvia enquanto carregava sucata e canos para seu projeto. "Não consegui encontrar todas as peças para uma bomba d'água, então passei a produzir um moinho que gerasse eletricidade." Seu primo Geoffrey e seu amigo Gilbert o ajudaram, e após dois meses as pás giravam. O gerador era um dínamo de bicicleta que produzia 12 volts, suficientes para acender uma lâmpada. As pessoas próximas a ele só acreditaram em sua conquista quando ele ligou um rádio, que na hora tocou reggae nacional. "Fiquei muito feliz. Finalmente as pessoas reconheceram que eu não estava louco."

"Conseguimos energia para quatro lâmpadas, e as pessoas começaram a vir carregar seus celulares", diz. No Malauí, a companhia telefônica se recusou a fornecer infraestrutura para as vilas, e as empresas de celulares chegaram com torres de transmissão e baratearam os aparelhos. Por isso, hoje há mais de um milhão de aparelhos celulares no país, uma média de oito para cada cem habitantes.

A história chegou aos ouvidos do diretor da ONG que mantinha a biblioteca. Ele trouxe a imprensa, e o menino foi destaque no jornal local. E daí alcançou o diretor do programa TEDGlobal, uma organização que divulga ideias criativas e inovadoras que convidou Kamkwamba para uma conferência na Tanzânia. O jovem aumentou o primeiro moinho para 12 metros de altura e construiu outro que bombeia água para irrigação. "Agora posso ler à noite, e minha família pode irrigar a plantação", diz.

Depois de cinco anos, com ajuda daqueles que descobriram sua história, Kamkwamba voltou à escola. Passou por duas instituições no Malauí, estudou durante as férias no Reino Unido e agora cursa o segundo ano da African Leadership Academy, instituição em Johannesburgo que reúne estudantes de 42 países com o intuito de formar a próxima leva de líderes da África.

Apesar de não ter mudado em nada a sua humildade, o sucesso e as oportunidades de estudo tornaram mais ambiciosos os planos de Kamkuamba: "Quero voltar ao Malauí e botar energia barata e renovável nas vilas. E implementar bombas d'água em todas as cidades. Em vez de esperar o governo trazer a eletricidade, vamos construir moinhos de vento e fazê-la nós mesmos".

Fonte:Revista Galileu

Quando a dificuldade vir ao nosso encontro, possamos fazer dela uma arma de vitória para os sonhos de Deus em nossas vidas.

Pastor Rodrigo Almeida Related Posts with Thumbnails
Deixe o casulo se abrir por si mesmo
17 de Novembro/Terça Feira

É natural que nos perguntemos, diante do sofrimento, por que Deus está nos testando e provando?
Uma história nos ajuda na resposta.
Um homem encontrou um casulo que tinha caído de uma árvore. A borboleta estava começando a surgir. Então, o homem parou para observar. Ela lutou por uns 40 a 50 minutos. Naquele momento, apenas a cabeça e uma parte da asa tinham saído do casulo. Pensando que poderia ajudar a borboleta em sua luta, o homem pegou um canivete afiado e abriu o casulo para libertar a larva que emergia. Para sua surpresa, ele pôde perceber que a parte que tinha se desenvolvido tinha travado um grande esforço em meio a uma grande luta. A parte que ele abriu permaneceu fechada, sem condições de chegar ao lado de fora do casulo.
Em lugar de ajudar a larva a se tornar uma borboleta, o homem a matou.
"Considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma" (Tiago 1.2-4).
Deus tem um grande plano em nossa vida, algo tão grande que lhe dará e que é a razão de todas as suas lutas. Related Posts with Thumbnails
O Sacerdote e o Coredeiro
16 de Novembro/Segunda Feira




Fonte:Humor Cristão Related Posts with Thumbnails
RR Soares nas Asas do Dinheiro
Pastor R.R. Soares compra avião de R$ 8,6 milhões, diz revista
14 de Novembro/Sábado

O pastor R.R. Soares, que é fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus e apresenta o programa "Show da Fé", da Band, comprou por US$ 5 milhões [cerca de R$ 8,6 milhões] um avião turboélice King Air 350 com banheiro a bordo e capacidade para oito passageiros.

A informação foi divulgada neste sábado pela revista "Veja".

Além de apresentar o "Show da Fé" --que também é exibido pela CNT e pela RIT (Rede Internacional de televisão), o pastor mantém horários alugados nas madrugadas e fins de tarde na emissora RedeTV!.

Em junho deste ano, a coluna "Ooops!", do UOL, informou que o missionário teria oferecido R$ 5 milhões por mês por 3 horas diárias (das 2h às 5h) no SBT.

Além de fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus -- que conta com cerca de 900 igrejas espalhadas em todo o país-- R.R. Soares é dono da gravadora gospel Graça Music e da Graça Editorial.

Fonte: Folha online Related Posts with Thumbnails
Perfeito Amor
14 de Novembro/Sábado

“O perfeito amor lança fora o medo.” 1 João 4:18

Você já foi à mercearia com o estômago vazio? Você é um alvo fácil. Você compra tudo o que não precisa. Não importa se é bom para você – você só quer encher sua barriga. Quando você está só, você faz o mesmo na vida, tirando coisas da prateleira, não porque você precisa, mas porque você está com fome de amor.

Por que fazemos isso? Porque tememos encarar a vida sozinhos. Por medo de não nos ambientarmos, tomamos as drogas. Por medo de ficarmos de fora, vestimos as roupas. Por medo de parecermos pobres, fazemos dívida e compramos a casa. Por medo de não sermos notados, vestimos para seduzir ou para impressionar. Por medo de dormirmos sozinhos, dormimos com qualquer um. Por medo de não sermos amados, procuramos por amor em todos os lugares errados.

Mas tudo isso muda quando descobrimos o perfeito amor de Deus. E “o perfeito amor lança fora o medo”.

Autor: Max Lucado Related Posts with Thumbnails
Sobre Pipas e Piões
13 de Novembro/Sexta Feira

Duas brincadeiras me fascinavam quando criança: soltar pipa e rodar pião. O engraçado é que são justamente as que eu menos sei fazer. Falta-me a habilidade para ambas. Admiro quem sabe rodar o pião e quem sabe colocar uma pipa no alto e maneja-la bem (só colocar no alto até eu faço). Pipas e piões são brinquedos que têm muito a nos ensinar em suas táticas, maneiras e modo de serem usados. Somos quais pipas e piões... veremos isso...

Piões são brinquedos que só funcionam se desenrolados, se livres daquela cordinha que lhes dão “vida própria”. Assim somos nós... só funcionamos bem se desenrolados...mas não quero dizer com isso que são ruins as “cordas” que nos enrolam. Não... são elas que nos impulsionam... são elas que nos dão forças para girar... e girar...

Assim são os problemas para com a nossa vida. Devemos encara-los como força motriz de um novo caminhar. Ao nos livrarmos deles percebemos o quanto nos serviram para o amadurecimento, para “rodarmos” direito. Sim, um pião mal enrolado nunca girará corretamente. Até me faz lembrar as palavras antigas de um sábio... “no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo...”
Pipas são fascinantes também... vivem no céu. Uma pipa nunca é tão bela no chão quanto a é no ar... confiando na força do vento. Conta-se que um aprendiz de feiticeiro encontrou-se com uma formiguinha numa de suas caminhadas entre a serra e o mar... ao ver a formiguinha carregando uma folha bem maior que ela mesma, o moço perguntou: Como consegues carregar uma folha tão pesada em um corpo tão pequeno? A formiguinha respondeu-lhe sorrindo: - Aprendi a confiar na força do vento!

Essa é a lição da pipa... confiar na força do vento. Saber que o vento sempre lhe levará a um lugar bonito, onde poderá demonstrar toda a sua beleza e encantar crianças e adultos que sempre estarão dispostos a contemplar a beleza de pipas coloridas rasgando o céu azul.

Interessante é que o mesmo sábio que disse que teríamos aflições no mundo também disse algo sobre o vento... “O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai... assim é todo o que é nascido do espírito”. Engraçado é que no grego clássico as palavras “vento” e “espírito” são uma só: Pneuma. Há uma identificação do vento com o espírito...

Precisamos confiar na força do vento... deixar que ele nos mostre o caminho... confiar que há algo melhor “além do arco-iris”... Não nos prendermos a coisas materiais de forma que não sejamos mais livre... o vento sopra onde quer... uma hora aqui... outra ali... não sabes pra onde vai... assim é todo aquele que deixa se levar. Pessoas mesquinhas estão sempre presas, não sabem o que é se deixar levar pelo vento... nunca experimentaram a alegria de voar leve...à toa! Mas há ainda duas coisas que quero falar sobre pipas e piões: uma que os distingue e outra que os une, que os tornam iguais. E ambas nos trazem lições importantes.

A primeira, que os distingue, é que piões rodam no chão... na terra... e pipas voam... estão sempre nos ares. Essa é a primeira lição... transcendência e imanência... sentimento e ação... precisamos voar... e ter os pés no chão... saber a hora de levantar vôo, viajar, transcender e saber a hora de pôr os pés no chão.... caminhar firme... enfrentar o pó da estrada... e a hora da união... verbo se fazendo carne.

A segunda lição, que os une, pipas e piões só têm beleza se manejados por mãos habilidosas. Como eu disse... nunca tive essa habilidade. Pipas e piões não são pra qualquer um. Nossas vidas, tais pipas e piões só se mostrarão belas em mãos seguras, habilidosas... e não há mãos melhores para pipas e piões do que as mãos que os fazem... assim como não há mãos melhores para o homem do que as mãos do criador...

O sábio a quem me referi no texto é Jesus, o Cristo... criador de todas as coisas... ele declarou que não deveríamos nos desesperar com os problemas... porque ele os venceu... não há meio melhor de voar, nem girar do que “impulsionados” pelas mãos de quem tudo criou... aquele “que até o vento lhe obedece”.

Com todo carinho,

José Barbosa Junior

Fonte: Crer e Pensar Related Posts with Thumbnails
A Oração Ajudou a Derrubar o Muro de Berlin
13 de Novembro/Sexta Feira

ALEMANHA – “Estávamos preparados para tudo. Mas não para velas e orações”. A declaração foi dada pelo membro do Comitê Central da Alemanha Oriental (RDA), Horst Sindermann, pouco antes de sua morte, e referia-se à derrubada do Muro de Berlim, em 9 de novembro de 1989. As reuniões de oração de uma igreja evangélica foram decisivas para a mobilização popular que derrubou aquela estrutura de concreto que separava o mundo. Hoje, 20 anos depois, a celebração inclui o convite à continuidade das orações, feito através da página da igreja na internet. Na Igreja de São Nicolau, os pastores destacam a necessidade de orar pelo ser humano como um todo, inserido no seu contexto social. Eles dizem: “Os nossos cultos de oração de paz continuarão! Trataremos com problemas de hoje – o apoio ao desempregado e esforços para integrar estrangeiros na nossa cidade – como tratamos com problemas no passado. As nossas intercessões e o nosso compromisso são tão necessários hoje como no passado, especialmente para as áreas críticas do mundo onde as novas guerras e os conflitos estouram constantemente”.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

No Brasil, talvez levados por um noticiário da mídia nacional que subestima tais fatos que exaltam a postura de uma igreja protestante num acontecimento tão importante mundialmente, os evangélicos perdem a oportunidade de espalhar esse testemunho para outras pessoas e, assim, atrair mais gente ao convívio cristão.

Na Alemanha, a igreja celebra e tem o reconhecimento da sociedade. E relembram que, além das orações, a palavra do Evangelho fez grande impacto até na vida daqueles que estavam ali para perseguir e reprimir o povo. Durante as reuniões semanais de orações pela paz que levaram o povo a derrubar o muro, com repercussões mundiais até o dia de hoje, as palavras de Jesus eram enfatizadas. Como conta o pastor da igreja, Reverendo C. Führer:

“Eu sempre apreciava que os membros da polícia secreta estavam ouvindo as bem-aventuranças bíblicas do Sermão do Monte cada segunda-feira. Onde mais eles ouviriam isso? Assim, muita gente e os membros infiltrados do governo ouviram o Evangelho de Jesus Cristo que eles não conheciam, em uma igreja onde eles não podiam fazer nada. Eles receberam as boas-novas de Jesus que disse: “abençoado são os pobres!” E não: só gente rica é feliz. Jesus disse: “ame os seus inimigos!” E não: Abaixo com o seu oponente. Jesus disse: “muitos que agora são primeiros, serão últimos!” E não: Tudo ficará sempre o mesmo. Jesus disse: “quem salvar a sua vida, a perderá; e seja quem for que perder a sua vida por amor de mim, a encontrará!” E não: Tome grande cuidado. Jesus disse: “você é o sal!” E não: Você é a nata.”

As orações da paz começaram o processo que levou o povo a derrubar o muro de Berlim. Deus estava nisso! Comente isso ainda hoje com seu colega de trabalho, escola, vizinho, familiar. Flores enfeitavam a igreja de dia e velas chamavam a atenção à noite. O povo, mesmo os não cristãos, se achegavam esperançosos e confiantes. A igreja orava. A mobilização espontânea confundia a repressão.

“O espírito de Jesus da não violência agarrou as massas e tornou-se um poder material, pacífico. As tropas e a polícia retiraram-se. O partido e a ditadura ideológica caíram. Como diz a Bíblia: “Ele destrona os poderosos e entroniza os débeis”; “Você terá sucesso, não pelo poder militar ou pela sua própria força, mas pelo meu espírito, diz o Senhor”. É o que experimentamos. Houve milhares nas igrejas. Centenas de milhares nas ruas em volta do centro da cidade. Mas nem uma janela de loja foi despedaçada. Isto foi a experiência incrível do poder da não violência”, relada o reverendo da Igreja de São Nicolau. O líder da Alemanha Oriental Sindermann não soube como reagir a velas e orações.

Fonte: Portas Abertas / Gospel+ Related Posts with Thumbnails
Não Quero Ficar Ficando
12 de Novembro/Quinta feira

O namoro sempre existiu em diversas culturas através dos tempos. É a forma de duas pessoas se conhecerem melhor e, com mais intensidade, alguém com quem se pretende ter um relacionamento sério com vistas ao casamento. Mas, atualmente, para muitos jovens o namoro convencional perdeu status.

Não é de agora, por exemplo, que os jovens usam o termo “ficar”. A expressão surgiu na década de oitenta entre os adolescentes de 13 aos 17 anos que buscavam simplesmente o prazer sem qualquer perspectiva de compromisso. Ou seja, é um comportamento em que os jovens conversam, se beijam, se abraçam e até têm relação sexual, sem nenhuma responsabilidade pós-encontro. Não há nenhum vínculo emocional, afetivo,espiritual e, muito menos, trocas de endereço e telefone.

Autora:Alessandra de Oliveira

Click e Leia: Não Quero Ficar Ficando

Related Posts with Thumbnails
Masturbação e Esperança
12 de Novembro/Quinta Feira

Era uma reunião de dez rapazes cristãos e a galera tinha se reunido pra compartilhar um pouco da vida. Bons amigos, eles tinham abertura pra falar de diversos assuntos polêmicos. Foi assim que um dos membros fez uma pergunta direta: “E aí amigos, qual de vocês nunca se masturbou?”

O silêncio revelou a resposta de todos. Ninguém poderia dizer: “Eu não!”

A masturbação tem sido definida como “a procura solitária do prazer, por meio de excitações realizadas com as mãos ou de qualquer outra maneira”. No meio cristão, as opiniões sobre o tema divergem muito. Estudiosos variam de opinião, considerando a masturbação desde um pecado grave até um presente dado por Deus. Não é sem razão que as opiniões não tenham consenso: a masturbação não é diretamente citada ou proibida pela Bíblia.

A masturbação pode acontecer em diferentes fases da vida e ter um significado diferente para cada pessoa. Na infância, é um processo de reconhecimento do próprio corpo; na adolescência e juventude, tende a ser um modo de liberar a energia sexual, uma “válvula de escape”, já que não há um parceiro(a) sexual ou, se forem cristãos evangélicos, esperarão pelo casamento.

Certamente a nossa humanidade não é estática. Estamos em desenvolvimento e temos a possibilidade de viver uma contínua abertura para a realidade e para a verdade, ou, ao contrário, viver um fechamento e regressão. O Eterno criou o humano em uma abertura relacional, dando ao homem a possibilidade da intimidade e de relacionamentos que o façam crescer. Homem e mulher são obra perfeita que se completa em mútua dependência.

É por não conter a intimidade e o relacionamento que a masturbação não consegue expressar toda a beleza do projeto de Deus para a sexualidade humana. No livro “Ele os Criou Homem e Mulher -- para uma vida de amor autêntico”, Jean Vanier descreve os dramas dos deficientes mentais da comunidade Arca. Muitos viveram experiências de rejeição; alguns deles se masturbam compulsivamente. Diante de realidades tão sofridas, ele conclui: “Outrora condenava-se com muito rigor a masturbação. Essa condenação corre o risco de suscitar temores, de alimentar o complexo de culpa, acarretando graves inibições e até mesmo um ódio de si e do corpo. Hoje, a tendência é dizer que a masturbação não tem importância, que é preciso deixar correr, que é normal na adolescência. Parece-me que a verdade está entre esses extremos, entre o rigor excessivo e a licenciosidade. Não se deve condenar o jovem que se masturba. Ele tem pulsões que não consegue integrar. Porém, é preciso ajudá-lo a não repetir esta prática.
A masturbação pode fechá-lo em si mesmo, num mundo imaginário e impedi-lo de viver uma verdadeira relação”.

Vanier sugere que não devemos condenar um jovem que se masturba; ele ou ela está buscando integrar-se. Contudo, a prática repetida contém perigos, sendo um deles a tendência de fechar a pessoa na fantasia. Uma personalidade madura nos possibilita enfrentar a realidade e amar os outros como são, e não como sonhamos que sejam. O risco é fechar o jovem em uma expressão sexual que não se orienta para a comunhão e para a doação. Muitos jovens estão presos em um ciclo de isolamento e angústia e usam a masturbação para aplacar a solidão.

É na vida autêntica de seus relacionamentos, vivida pelo solteiro nas amizades e no namoro, que ele ou ela se abre para a vida verdadeira e para a expressão de afetos e medos. Em um contexto de aceitação e verdade, a confiança no amor cresce. Assim, o jovem caminha rumo à integração da sexualidade, afirmando sua esperança no amor e, sobretudo, no amor de Deus, que o cura e o livra da culpa.

Devemos lembrar que nossa sexualidade não se restringe ao genital, mas se expressa no cuidado e no afeto em nossos relacionamentos. A expressão “vida sexual ativa” como sendo somente o ato sexual reduz a sexualidade e não contempla todas as suas dimensões. Boa parte da ênfase na sexualidade genital é consequência do desaparecimento das verdadeiras amizades. Em uma sociedade que enfoca a sensação e não o vínculo, o sexo se torna expressão de corações feridos, e não de corações abertos.

Tenho a convicção de que muitos de nós, cristãos evangélicos, sofremos com a masturbação. Muitos querem deixar a prática e partir para um relacionamento, mas nem sempre conseguem. Porém, eu vejo beleza e verdade em todos aqueles que desejam servir a Cristo e, reconhecendo suas fraquezas, correm para a graça de Deus se apropriando das palavras do apóstolo Paulo: “Já não há condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus”.

Podemos celebrar a sexualidade do povo de Deus porque celebramos aquele que criou a beleza, o prazer e o amor. O plano de Deus para nós é a participação em sua vida, no vínculo perfeito do Pai, Filho e Espírito Santo; é um pleno relacionamento com os outros; é amar. O grande drama humano é fechar-se em si mesmo, sem comunicar-se. Sem esta abertura relacional, nossa vida se esvazia e a chama se apaga. A base da nossa esperança é a confiança no amor de Deus, que sustenta as nossas frágeis iniciativas de amor humano. Cada um de nós deve lutar pela esperança e amor em nossos relacionamentos, a fim de manter acesa a chama da vida.


• Davi Chang Ribeiro Lin, 25 anos, é psicólogo pela UFMG, especialista em psicologia clínica existencial e mestrando em estudos cristãos no Regent College, Canadá.

Fonte: Ultimato Related Posts with Thumbnails
Os três últimos desejos de Alexandre o Grande
11 de Novembro/Quarta feira

Dizem que estes foram os 3 últimos desejos de ALEXANDRE O GRANDE:
1. Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época;
2. Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistado como prata , ouro, e pedras preciosas ;
3. Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, Ã vista de todos.

Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a ALEXANDRE quais as razões desses pedidos e ele explicou:

1. Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte;
2. Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem;
3. Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.

Pense nisso.... Related Posts with Thumbnails
O Pastor que Chora
10 de Novembro/Terça Feira

Uma pena que está realidade da igreja no Brasil, não seja só aqui, mas em vários lugares do mundo como mostra o video. É triste ver que almas estão sendo trocadas por fama, dinheiro e poder humano. A igreja muitas vezes tem parecido um circo e um bom circo de horrores com picadeiros espalhados por todos os cantos. Mas a alegria é que a verdadeira igreja não morreu, e querido ela nunca vai morrer porque sempre haverá pastores que choram.

Autor: Pastor Rodrigo Almeida

Related Posts with Thumbnails
Filho-Pródigo
10 de Novembro/Terça Feira



Fonte: Tio Jaja Related Posts with Thumbnails
A Bicicleta de Deus
09 de Novembro/Segunda Feira

O atacante William, do Avaí, pode finalmente comemorar seu primeiro gol de bicicleta na carreira, marcado diante do Atlético Paranaense, na rodada deste fim de semana do Campeonato Brasileiro da série A.

“Pedi tanto a Deus para fazer um gol de bicicleta, por isso dou o nome de ‘bicicleta de Deus’. É uma jogada muito difícil, nem em pelada consegui fazer, mas acabei tendo a felicidade de acertar. Essas coisas só acontecem porque se tenta a jogada. É um grupo, as coisas só acontecem quando o grupo trabalha”, disse o atacante que se confessou evangélico e tem o hábito de agradecer a Deus quando marca seus gols.

Valorizado, William afirmou que pretende permanecer no Avaí na próxima temporada, mas pode rever a ideia se receber uma proposta internacional.
O gol decretou a vitória do Avaí sobre o Atlético-PR por 2 a 0 aos 32 minutos do segundo tempo. Após um cruzamento da direita, William pegou de bicicleta e fez um golaço. “Fiquei emocionado porque foi o meu primeiro, foi muito bonito”, resumiu após a partida.

Fonte: Arca Universal / Gospel+

Related Posts with Thumbnails